Mulheres estrangeiras casadas com Turcos

Istambul é uma metrópole e como toda grande cidade possui muitos estrangeiros. Uma boa parcela destes estrangeiros são mulheres que se casaram com cidadãos Turcos e vieram morar na Turquia. São Americanas, latinas, européias e asiáticas. Estas mulheres vieram de vários países: Inglaterra, Alemanha, Brasil, Espanha, Japão, Austrália, Estados Unidos, etc...

A adaptação a Turquia e aos costumes locais são difíceis para algumas delas. O ponto mais difícil é a religião (caso a religião da estrangeira não seja a muçulmana). As restrições serão muitas caso a família do marido seja bastante religiosa. Neste caso, a estrangeira geralmente se adapta ou pode ser rejeitada pela família. Caso a família seja de mentalidade mais aberta não haverá conflitos sérios a este respeito e a estrangeira não sentirá pressão sobre este ponto.

Outras diferenças marcantes encontradas na cultura turca são: alimentação, modo de vida, comportamento, usufruto de tempo livre (hobby), vestimentas, etc...

Istambul oferece hoje relativamente, uma boa qualidade de vida para o estrangeiro. É possível achar vários produtos industrializados de produção local ou importados. Você pode encontrar macarrão feito de arroz ou soja para os orientais, cornflakes tipo americanos, carne de porco e vários outros comestíveis importados. Além disso você poderá comprar produtos importados como: mobílias, carros, computadores, máquinas de fotografia, tecidos, material para cozinha, etc...

O comportamento do Turco se difere das outras culturas, podendo causar embaraços a certas culturas. Geralmente o Turco é temperamental, podendo ir de risos a lágrimas facilmente. Os Turcos são um povo com o qual o primeiro contacto é fácil. São hospitaleiros e gostam de estrangeiros e turistas.

O primeiro grande choque para a estrangeira que chega para morar na Turquia é a língua. Então a primeira providência é aprender a língua e entrar em um curso de Turco. A língua é um pouco difícil para os estrangeiros que tem como língua materna uma língua de raiz latina. Para os Japoneses, o Turco já é mais fácil pois a estrutura lingüística se parece como Japonês.

A vestimenta pode ser um choque para algumas estrangeiras com mentalidade muito aberta. Trajes usados no Rio de Janeiro por exemplo, podem causar certos alvoroços nas ruas de Istambul. Mas fazendo um balanço geral das vestimentas poderia dizer que as mulheres não religiosas não usam saias muito curtas, nem decotes, tendo a tendência para se vestirem como as européias. Já as religiosas se cobrem dos pés a cabeça. Os homens geralmente se vestem como os europeus, sendo difícil de se distinguir entre um homem muito religioso de um menos religioso. A nova geração tende a se vestir com roupas coloridas e mais extravagantes. Toda esta mistura traz um contraste exótico nas ruas de Istambul.

Existe um grupo em Istambul que se chama IWI (International Women of Istanbul ou Mulheres Internacionais de Istambul ). Este grupo é formado por cerca de 700 mulheres estrangeiras que vivem em Istambul. O objetivo do grupo é caridade e eventos promovidos pelo grupo. Muitas são casadas com turcos, outras vem para Istambul juntamente com sua família e o marido trabalha em uma multinacional. Este grupo é de grande ajuda no começo da estadia da estrangeira em Istambul, quando ela necessita de companhia e amigos que falam sua própria língua. Ha vários outros grupos de estrangeiros em Istambul : grupo de alemães, pessoas que falam espanhol, franceses, italianos, etc...

Data: 05 de Agosto de 2001
Indice dos Artigos

Clique aqui para dicionarios e cursos de turco
Clique aqui
Dicionários e cursos de Turco

Espere você tenha gostado do artigo! Obrigado por visitar nosso site!
Por favor escreva sua sugestão para um artigo para: istambul@gmx.net



Fãs da Turquia
Nossa Lista

Tradução
Negócios


Copyright 2016
hitit